Como a CentralServer ajuda sua empresa a usar o multicloud

Como a CentralServer ajuda sua empresa a usar o multicloud

Combinar os melhores recursos oferecidos pelos principais provedores de Cloud é, sem dúvida, o melhor dos mundos. O multicloud é a estratégia que permite esse avanço no uso da computação em nuvem.

Mas administrar serviços em diferentes nuvens com segurança é um grande desafio para a maioria das empresas. Então, para apoiá-lo na jornada, nós fornecemos o Serviço de Operação da Nuvem ou CloudOps.

Na operação multicloud, nós inventariamos, monitoramos 24×7 e operamos os seus recursos das nuvens AWS, Azure e VMware. E um dos grandes destaques é a gestão simplificada de custos na nuvem AWS.

Assim como em outras estratégias de tecnologia, sem o devido cuidado, o multicloud pode acontecer por acidente, de modo que de repente o gestor de TI se vê supervisionando uma combinação de recursos de nuvem pública e local, sem qualquer insight sobre custo, desempenho, sobreposição potencial e outros fatores.

Embora o ecossistema da nuvem tenha amadurecido, trazendo serviços de nível superior e grande disponibilidade, se não houver um planejamento e papéis bem definidos,  o retorno sobre o investimento (ROI) da iniciativa multicloud ficará aquém do esperado.

Por outro lado, quando implantado de maneira organizada, o multicloud traz muitas oportunidades para as equipes de desenvolvimento escolherem o que desejam usar para criar aplicações e executá-las onde fizer mais sentido, ou seja, escolher a tecnologia ou os serviços que melhor atendem às suas necessidades.

A promessa da nuvem é que, quando você tem a combinação certa de serviços, toda a empresa pode se mover com mais rapidez, desenvolver-se de maneira mais inteligente e, por fim, se destacar da concorrência. Nesta era de ouro da TI, com tantas opções disponíveis, você pode ter tudo – só precisa da mentalidade certa. Mas, à medida que as organizações começam a estudar como usar várias opções de nuvem ou provedores juntos, elas estão encontrando muita complexidade e se perguntando como obter todos esses benefícios e trabalhar em mais de uma nuvem sem desacelerar ou gastar muito.

Aqui na CentralServer, nós entendemos que o multicloud é um conjunto de práticas, não simplesmente o conceito de usar vários fornecedores de nuvem ou um fornecedor de nuvem ao lado de seu data center virtualizado. Percebemos que a nuvem é mais do que infraestrutura – é uma mudança na maneira de pensar – e permite que você evolua e amadureça pragmaticamente seus processos, operações e metodologias ao longo do tempo, conforme adota novas tecnologias. Consideramos o quadro geral de forma holística, em vez de apenas avaliar diferentes peças de tecnologia. Essa mentalidade define um conjunto maior de recursos que se aplicam a aplicativos, operações, processos e metodologias.

Coloque várias nuvens para trabalhar para você

A realidade é que a nuvem agora é, por definição, várias nuvens. Em algum momento, a infraestrutura da sua empresa será multicloud, misturando data center físico, data center virtual (DCV) e serviços de nuvem pública. E as aplicações serão uma mistura de monolitos, microsserviços e tudo o mais.

Quando você pensa em gerenciar essas peças de forma eficiente, e pensa em termos de boas práticas, em vez de provedores ou fornecedores, o quebra-cabeça multicloud se torna mais fácil de resolver. Você pode aplicar essas práticas a cada geração de tecnologia e qualquer infraestrutura que esteja usando atualmente.

Portanto, se o multicloud não significa apenas usar a AWS e a Azure para atender aos usuários, o que isso significa para uma empresa moderna? Para começar, significa estar aberto para mudar não apenas fornecedores ou produtos, mas a maneira como sua equipe de TI opera, constrói e entrega aplicativos e serviços.

Veja a seguir oito áreas de prática – cada uma com sua própria curva de adoção – que ajudam a construir uma estrutura multicloud bem sucedida:

  • Caminho de adoção da nuvem: considere como você construirá seu portfólio aplicações na nuvem pública, levando em consideração a migração e modernização, backup, recuperação de desastres (DR), e muito mais.  
  • Uso de serviços em nuvem: a infraestrutura-como-serviço (IaaS) é um avanço, mas como você usará toda a abrabgência de serviços que os provedores de nuvem oferecem? 
  • Práticas de DevOps: o sucesso no uso de várias nuvens não acontece sem sucesso no desenvolvimento de software de alta qualidade projetado para a nuvem, usando infraestrutura como código, portais de autoatendimento e outras práticas recomendadas.   
  • Estratégias de modernização do data center: a nuvem pública está aqui, mas os data centers não vão a lugar nenhum – como você garantirá o uso de um data center moderno e automatizado?  
  • Práticas de gestão financeira da nuvem: a nuvem sob-demanda, ou pay-as-you-go, pode ficar fora de controle rápido. Você terá que se certificar de que existem práticas de gerenciamento de custos de nuvem em vigor, como a visibilidade do uso, e que fará a reserva antecipda de recursos onde isso fizer sentido.   
  • Práticas de governança em nuvem: custos à parte, as práticas de governança em operações, segurança e conformidade e gerenciamento de dados devem envolver ferramentas de automação sofisticadas.  
  • Estratégias de consolidação de ferramentas e plataformas: executar cada nuvem como um silo operacional não é sustentável – tecnologias como ferramentas de gerenciamento comuns ou uma infraestrutura comum serão essenciais.  
  • Práticas de segurança na nuvem: proteger os aplicativos que você executa em um ambiente com várias nuvens é essencial, portanto, certifique-se de ter visibilidade das políticas de segurança em todos os níveis da organização.  

O gestor TI não pode abrir mão de velocidade e controle. Com o CloudOps da CentralServer, você atinge esses objetivos e ainda libera o tempo da sua equipe para trabalhar no foco do negócio. 

Conte com a CentralServer para otimizar o uso do multicloud. Fale hoje mesmo com um dos nossos Especialistas.

(Visualizado 155 vezes, 1 vezes visualizado hoje)